Poesia em Prosa: O Primeiro Beijo



Primeiro beijo, primeiras emoções
O primeiro beijo é como um termômetro
Diz logo a que veio, ou não.
Morno, devagar, fraquinho?
Violento, forte, beijo de vulcão?
Primeiro beijo é como um cartão de visita
Essa sabe o resto...
Essa disse a que veio
Beijo com gosto de quero mais
Beijar de novo, só para tirar a dúvida
Beijar sempre, a dúvida é a desculpa
Primeiro beijo é como um primeiro olhar
Significativo, marcante, "bandeiroso"
Forte, delicado, doce, gostoso
Beijo atrapalhado, isso é um bom sinal
Beijo protegido por uma chapa de metal
Um beijo novo instiga, assusta
Será se devo me entregar?
Todo romântico é assim, grava o primeiro beijo
Para relembrá-lo em cada vão momento
Consgrá-lo, torná-lo inesquecível, eterno
Primeiro beijo é como a primeira vez que se ver o mar
Respira-se fundo e contempla-se aquela beleza
E você logo pensa, é aqui que quero ficar,
É como beijar uma rosa em inglês.
Primeiro beijo, armadilha da natureza
Que torna as palavras desnecessárias
Primeiro beijo, gesto de carinho
Uma forma de dizer: "seja minha"
Beijo que deixa um sorriso de canto de boca
Beijo de trocar calcinha
Beijo de derrrubar o muro do vizinho
Beijo de suspirar, desejar
Beijo com pegada
Beijo que veio pra ficar,
Beijo que quero beijar.




Raimundo Freire.

Comentários

  1. Autorizo previamente a reprodução do texto acima, desde que citado o autor e o site.

    ResponderExcluir
  2. Hojé é o dia do escritor!Parabéns, a você que enriquecem nossas vidas cm seus belissimos poemas e encantador.OBRIGADA!!! E esse poema não poderia ficar de fora..."Ah! que saudade dos meus beijos".Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Lindo!!!!
    Saudades dos poucos beijos que a minha
    boca destes,
    mas, ainda que tenham sido poucos, foram profundos e marcantes.
    Saudades imensas de uma boca deliciosa que
    jamais novamente poderei me deleitar a beijar.
    De qualquer forma, me senti novamente beijada por tua boca agora...
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  4. Lembrei dos beijos intensos ao som de Adriana Calcanhoto!!!

    Saudades, Salgadinho!

    ResponderExcluir

Postar um comentário