Prosa Poética: Solfejando Com as Palavras



Minha queridona
Queria minha dona
Queria te, minha, dona
Dona me queira ir
Dona ia me querer?
Iria querer-te dona
Dona do meu querer
Dona, minha querida
Te quero muito dona
Quero ser dono
 Da minha dona
Queira ser minha dona
Queira ir na minha
Te quero minha dona
Minha querida
Minha querida dona
Dona queira ser minha
Minha dona querida
Minha queridona.


Raimundo Salgado Freire Júnior

Comentários

  1. Tens um traquejo admirável com as palavras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Sr.(a) Anônimo(a)!

      Saiba que traquejo é uma palavra extremamente poética!

      Volte sempre e muito!

      Obrigado por seu comentário.

      Excluir

Postar um comentário