Quando Fala a Voz do Amor



A lua rasgou a avenida, intrépida
Pintou de branco as ondas do mar
E pairou sobre nossas cabeças
Revelando nossos desejos mais secretos
Como é bom descobrir-se apaixonado...
Você caprichando pra me impressionar
Tua risada despertando o que há de melhor em mim
Lugar especial, diferente, aconchegante
Caipirosca suave temperando tua boca
Costela com molho barbecue, um rock
Cenário impecável para uma história inesquecível
A nossa história de segredos e descobertas
História de viagens em nome do amor
Em hotéis maravilhosos de frente pro mar
Estava sentindo falta disso: de me sentir vivo
Amanhecer e olhar você ao lado adormecida
É saber-se felizardo, sentir-se o escolhido...
Dizem que não existe ninguém insubstituível
Pois você é aquela que não pode ser substituída
Alguém que se dedica a ser melhor pra mim
Alguém que faz de tudo pra me agradar
Está cada vez mais difícil ver você partir...
Todos temos nossos defeitos, desacertos
Mas você e eu aprendemos com nossos erros
Para juntos procurarmos consertá-los
juntos ouviremos a canção da felicidade
Em volta da fogueira da nossa paixão
E juntos escreveremos nossa história de amor
Nas páginas brancas da lua cheia....


Raimundo Salgado Freire Júnior



Comentários

  1. Autorizo a reprodução do texto, desde que citados o autor e o site.

    ResponderExcluir

Postar um comentário