Não Há Quem Passe




Há quem passe por um jardim e só veja o esterco
Ha quem passe por uma floresta e só veja madeira
Há quem passe por uma praia e só veja deserto
Há quem passe por um poema e só veja palavras

Há quem passe por uma igreja e só veja fanáticos
Há quem passe pelo Natal e só veja presentes
Há quem passe por um homem e só veja um  bolso
Há quem passe por uma mulher e só veja uma bunda


Há quem passe por uma chuva e só veja os raios
Há quem passe por um dia de sol e só veja calor
Há quem passe por um mangue e só veja lama
Há quem passe por um livro e só veja a capa

Há quem passe por uma biblioteca e só veja mofo
Há quem passe pela liberdade e só veja solidão
Há quem passe pelo casamento e só veja uma prisão
Há quem passe pela dor e só veja desespero

Há quem passe pelo amor e só veja posse
Há quem passe pela distância e só veja saudade
Há quem passe pela amizade e só veja interesse
Há quem passe pelo sexo e só veja prazer

Há quem passe pelo sucesso e só veja a sorte
Há quem passe pela vida e só veja a morte!
Há quem passe pelos filhos e só veja despesa
Há quem passe pelo perdão e só veja fraqueza

Mas, não...

Há quem olhe  meus olhos e não veja teu sorriso
Há quem olhe você e não veja tudo que eu preciso.
Há quem passe pela minha alegria e não veja o porquê
Há quem passe pelo meu coração e não veja você!


Raimundo Salgado Freire Júnior

Comentários